quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Poesia Implacável

Poesia Implacável
Reversa
Tempo Insensível Perverso
Antigo
Nem Presente
Nem Hoje
Nem Amanhã
Fim Anunciado
Novos Vírus
Anunciados...

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Borboleta Azul II

Borboleta Azul
Surreal
Trás Mensagens
Irreais
Encantadas
Na Sua Asa
O Sonho Sol

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Sincronicidade

Passos De Passarinho
Instante do Voo
Planando Liberdades
Descobrindo Sincronicidades
Impuras
Transcendentes
Trancadas

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Ressuscitando Poemas

Ressuscitando Versos Antigos
Distante do Olhar
Próximo das Alturas
Do Tempo
No Topo das Nuvens
Nas Ilhas de Luz
Abaixo e Acima do Céu
Silêncio Antigo
Ressuscitando Poemas
Um Dia...
Escritos Na Retina
Do tempo
Do Seu
Belo Olhar

domingo, 26 de novembro de 2017

O Peso dos Dias

A Hora Certa
Ficou Errada
Água virou Arsênico
Sem Vento
A Sombra
Sol.

sábado, 25 de novembro de 2017

Estrada Encantada

Na Estrada
Os Passos são Ilimitados
Livres
Sem Pressa Nas Partidas
No Chegar
Mochila - Livros - Água
Essenciais na Sobrevivência
Nas Partidas
Retas - Curvas - Vales
Montanhas Interiores
Encontros e Reencontros Inesperados
Carona no Sonho
No Som - No beijo
Caminho Falado
Silenciado
Encantado
Estrada Estrela
Boa Viagem...

sábado, 18 de novembro de 2017

A Estrada e Seu Aroma

Vou Dizer a Estrada 
O seu Aroma
Linha Impressa no chão
Que nunca Desaba
Não se Disfarça
Estradas Encantam meus Olhos
Às vezes de Mármore
Às vezes de Ser...
Chuva
Vento
Se Eu me Canso
Viro
Viro as Avessas
E Caminho outras Vez...

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Concerto

Escrever
Desenhar Palavras
Versos Diversos
Involuntários
Tantas Interrogações
Carinhos Tortos
Imóveis - Cansados
Insustentáveis - Esquecidos
Na Metáfora da Vida
Dos Escritos
Das Dores e Felicidades
A Memória Guarda
Escrever e Desenhar
Arte Difícil
De Concertar

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Horas Silenciadas

Vazio 
No Vácuo das Palavras Ausentes
Existem
Horas Silenciadas
Linhas Diversas
Sem Ponderação
Angústias Finais
Sem Som
Sem Palavras
Sem Fim

domingo, 5 de novembro de 2017

Desconectado

Desconectado
Tenho Respostas Existenciais
Reflexos Ásperos
Da Conectividade
Desatado das Redes Desertas
Desenho
Novas Velhas Asas
Escrevo DesArtes 

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Vento Azul

Ventos Azuis
Brilham
Infinita Brisa
Densa
Selvagem
Lava
Linhas Desoladas
Ausentes - Azuis
No Espaço Nuvem
Aparecem
Pousam
No Coração Infinito.

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

A Boca

Da Boca
Caem Gotas
Às Vezes
Sorrisos
Sólidos - Líquidos
São Só Gotas

domingo, 29 de outubro de 2017

Dias Vazios - Vagos - Sombrios...

Linha Desconexa
Sem Resposta

Para os Dias
Palavras Caem
Escombros sem Métrica

Reflexos
De Tempos Sombrios
Desatados da Liberdade
Formam Versos Desertos
Vazios
Vagos...

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Muitas Palavras

Muitas Palavras
Existências Misturadas
Batalhas - Disputas
Fantasmas Obsessivos
Instintos Extremos

 - Verdades
 - Mudanças

Cansado Sem Coragem
Canto o Poema Tênue - Suave
Delicadeza sem Compromisso
Diálogo Temporal
Ser Estagnado
Tenso Socorro as Letras
Na Esperança
De um Novo Poema

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Prosa Rasa

Toca a Vida
Desafinado
Recorda o Abraço
Laço
No Compasso
Aborda Sonhos
Fotografia - Dimensão
Direção
Da Prosa
Da Vida
Rasa

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Palavras e Coisas

Palavras e Coisas
Nascem
Diferentes - Iguais
Voláteis
Disformes
Ausentes
Da Forma e Conteúdo
Destino
Desastre
Arte.

sábado, 21 de outubro de 2017

Dor

A Dor
É Triste
Verdadeira
Interna
Não se Esconde
Espalha
Caminha Pesada
Faz Cair
Sangrar
Difícil Levantar
Eu Sei
Nós Sabemos...

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Reflexo Vazio

Raio Escuro
Reflete
Em Muros Opacos
Mudos
Todos e Todas Passam
Cegos - Inertes
Obscuros como Deve Ser
Reflexo
Vazio
Opaco...

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

O Abraço

As Letras Vão
As Palavras Também
Abraçam
Páginas
Corações
Aproximam Sombras
Sonhos
Laços
Dimensões Labiais
Poesia
E Prosa...
Finalmente se Abraçam

domingo, 8 de outubro de 2017

Olhar Monocromático

Palavras Belas
Colagens nos Muros
Paredes Mentais
Impermanentes
Cantos - Folhas
Desenhadas
Pintadas
Sem Contorno
Acalmam
Conservam Tons
Palavras
Rufam fora do Ritmo
Renascem no Domingo
Padecem na Segunda
Ciclo Perpétuo
Da Vida Breve
Olhar Monocromático
Observa os Pássaros sem Propósito
Reluz o Amanhã
Encerra-se
O Dia...

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

A Queda

Dias
Momentos
Adversos
Olhares
Estranhos

Escudos Quebrados
Espelhos Quebrados

Objetos Escritos
Estranhos ao Ser
Memória Apagada
Do Passado Recente
Tormenta
Tempestade
Venta Ainda Mais
Caem Todas as Coisas
Derrubam as Palavras
Ditas e não Ditas...

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Corações Vermelhos

Tarde
Renasce
Em Flores
Sinais
Da Primavera
Do Perfume
Alguma Esperança
Inquieta Paixão
Cor
Dos Corações
Vermelhos 

sábado, 16 de setembro de 2017

Toques Sonoros

Toques Sonoros
Noturnos
Ébrios
Caminhos e Carinhos
Entrega
Solidão Ardente
Pouca Luz
Luxúria
Roubada
Do Conto Erótico...

terça-feira, 12 de setembro de 2017

Ilusão de Fundo

Ilusão de Fundo
Hoje
Muitos Nãos
Ditos e Não Ditos
Constantes Egos
Únicos
Observo em Silêncio
Vácuo Estremece
Nada em Toda Parte
Existir no Meio do Nada
Criando Florestas
Flores
Vendavais
Ilusão de Fundo
Profunda Mente
Que é Casa...

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Convergindo Existências

Inquieto
Convergindo Existências
Através do Espelho
Percorro
Torno-me
Dia e Noite
Desenvolto
Sonho
Reexisto
Na Arte
No Instante
Óbvio
Da Vida

terça-feira, 5 de setembro de 2017

Palavras Separadas

Juntando Palavras
Modificando Frases
Aproximando Vogais
Fale com Consoantes
Dissonantes
A Poesia Cria Vida
Existe
Esconde
Fica
Simples e Complexa
Como deve Ser
Indefinida
Cresce
No Passado
No Coração
Separado

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Poesia Matinal

As Manhãs
Insones
Opacas
Soltas - Inesperadas
Incontidas nos Versos
Flutuam Vazias
Transparentes
O Sol
Transpassa suas Linhas
Não Reflete
Versos
Nem Poemas
Matutinos

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Abraços e Letras

Vezes
Não Consigo
Abraçar as letras
Nem Tocar as Linhas
Versos e Cordas
Distantes
Combinação
De Cores e Sonhos

Descritos nos Dias
Escritos nos Abraços

Fotografias Efêmeras
Penduradas nas Dimensões do Coração
Reencontram
A Prosa e Poesia
Toda.

sábado, 19 de agosto de 2017

Palavras...

Palavras
Existem

Falam
Traçam Sentidos Concretos 
Palavras 
Geram Poemas

Existem
Brincam nas Linhas
Ocupam Vazios
Renascem no Ser
Para Sua
Apreciação Sensorial

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Andando Locomotiva

Leitura Noturna
Nuvens Ocultam Estrelas
Pensamentos
Vislumbre
Das Sombras Indefinidas
Aguardo
Insanas Manhãs
Andando Locomotiva
Vento - Lugar
Palavras Insones
Tormenta Mental
Faz Lembrar
A Necessária Arte
De Abraçar
Forte Abraço! 

terça-feira, 8 de agosto de 2017

"Fαixαs Inseguras"

Sempre
Um Alerta!
Mova-se!

 - Para Trás...
 - Para Frente...

Antes das Fαixαs Inseguras
Riscadas
Ideologias Dispersas
No Chão
Nas Cercanias
Nos Pulsos
Nas Mentes Colonizadas
Traumas Caminhantes
Caminhos Tortos...
Duros - Seguros
Só.

sábado, 22 de julho de 2017

Peregrinação

Estradas
Veias
Correm Vida

Passos
Metros - Quilômetros
Paisagem deixa Rastro

Outras Vidas
Vão Passando
Júbilo Caminhar
Observar os Vales Interiores
As Estrelas Exteriores
Valem uma Vida

São...
Jornadas da Existência

Peregrinar 
Sempre!

terça-feira, 18 de julho de 2017

Caminhada Fria

Caminhando no Frio
Cada Parada
Passa - Passa
A Bota Furada
Sem Calçada para Sentar
Jaqueta Antiga - Pouco Abriga
Lábios Rachados
Respiração Congelando
Calor - Só Lá Dentro
Principio de Precipícios
Interiores - Vagos
Conexo Coração

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Outras Andanças II

O Vento Passou
A Poesia Também
Na Estrada
Eu Passeio
A Vida Vai
Passando Cansada
Atropelando Pensamentos
Passo a Passo
Rastros Poéticos
Outras Estradas
Outras Andanças
Alegria Efêmera
Insolentes
Vales Serenos
Compartilhando
Imagens Surreais
Declamei
Caminhei
Só...

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Tempo Voraz

As Mãos
Ajudam na Caminhada
Sem Pressa
Sem Chegada
No Centro da Estrada
Paisagem Plana
O Tempo Corre
Pleno - Lento
Voraz... 

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Líquidos Quentes

Vento Frio
Gelo nas Narinas
Orvalho
Gota Cristalina
Nasce o Sol Invernal
Luta para Iluminar
Sina Congelada
Um Cubo de Gelo
Na Cachaça Ardente
Derrete Pensamentos
No Canto Poético
Do Apelo dos Dias
Aos Deuses
Avanço
Na Retaguarda
Devagar - Mas, Incansável
Na Busca
Por Líquidos Quentes