terça-feira, 12 de abril de 2011

Poesia Cênica

Foto: Everaldo Ygor

No vento corro

Nos olhos o mar

Na fumaça o sonho

Cenicamente

Longe dos carnavais

Na praia vermelha do sul

Som, palavras e máscaras

No jardim da areia plana

A palavra diz.

 
Carnaval 2011 - Ubatuba - Praia Vermelha do Sul

5 comentários:

Bruno Costa disse...

A palavra diz, a palavra faz-se, a palavra inventa, cria maneiras de experimentar o mundo, nos seus movimentos, vento, mar, fumaça. Linda poesia. Pequena, intensa, rizomática...

Anga Mazle disse...

Se diz!

Mas com vento, sonho, jardim de areia plana, mar... mar!... aí dela se não disser, Everaldo!

Um abraço

André Alves disse...

'na fumaça o sonho...'
Para alguns sonhos são assim.
cabe a cada um correr atrás de seus projetos, para que o sonho não se torne fumaça e desapareça ao vento, ao tempo.

Antonio disse...

As andanças pelo caminho da poesia, levam ao arco-íris. Parabéns pelo talento.
Touché
http://poetasdeguaruhoseoutrosversos.zip.net

Luks Vieira disse...

Bela poesia...
Att.,
Luks