domingo, 25 de julho de 2010

A Queda

Foto: Everaldo Ygor

E as palavras
Caindo e caindo
Algumas pesadas
Outras
Leves como plumas
Vão

Caindo, caindo
Do inconsciente
Da boca
Indo, indo
Cai


Tocando o outro
Pode-se ouvir
O som do toque
De outros silêncios

De todas
As palavras
Caindo


Caindo
Saindo

C
  a
    i
     n
      d
        o...




Junho e Julho de 2010.

Foto da exposição do Aquilar no Espaço Cultural Banco do Brasil SP.

9 comentários:

Silmara Colombo disse...

A poema com um "pezinho" na poesia concreta ficou muito bom e a foto ilustrou perfeitamente. parabéns!

Adilson Guimarães disse...

belo poema, parabéns!


www.catarseonline.blogspot.com

Sílc disse...

Everaldo, através da linda andrea vim te visitar, passear pela sua casa, me encantando. Já o estou seguindo, passeando. Como é bom "c a i r", no leve, nas plumas... "... tocando o outro pode-se ouvir o som do toque de outros silêncios.." Intenso, diz muito no meu contexto atual. O corpo fala...
Com carinho,
Sílvia
http://www.silviacostardi.com/

Bruno Silva disse...

Maravilhoso, parabens por esse pelo poema!

augusto disse...

Belas Palavras

Ja ouvindo a musica caindo da Tequila Baby?

Ouça


abraço

evandro mezadri disse...

Bela poesia, muito bem escrita.
Grande abraço e sucesso!

Liège disse...

Gostei! Das palavras e da imagem...

armalu disse...

Andei por aqui para te deixar um bj e te dizer que seus textos são lindos. bj

Prêmio M3 disse...

Caro,
Primeiro parabens pelo blog,
segundo gostaria de lhe fazer um convite..
A 03 anos realizo um concurso em meu blog,
e busco atraves desse concurso a valorização de blogs, principalmente pequenos blogs...
em tres anos mais ou menos 200 blogs já participaram do concurso.
E visto este espaço gostaria de lhe convidar para conhecer e se for de sua vontade, participar e ganhar quem sabe até 100 reais e mais prêmios....

Grato:
contato@premiom3.com
twitter.com/premiom3
www.premiom3.com