terça-feira, 3 de junho de 2008

LINHAS CONCRETAS

Imagens
Observe essas linhas
Viva estas imagens
_________________________________________
________________________________
_______________________
_________________________________
_______________________________________

Observe bem não é um dogma
______________
________________________________
______________
______________________

Agora mais uma vez
__________________________________
_________________
_______________________________
_______

Já está dando para perceber
_________
____
__________________________
_____________________

Que
__________
_______________________________________
_____________________________
____________________
______________
_________
_____
__

São apenas linhas...
Do Livro Estação Liberdade (Da Existência do Ser) - 1992

De Everaldo Ygor

Poesia Concreta

43 comentários:

Elimar Renner disse...

haha

e eu aqui quebrando a cabeça...

xD

Abdalan disse...

Boa linha de pensamento e texto bem alinhavado. Em linhas gerais, estou de acordo. Alinhado com o que há de menos tortuoso. Na linha de prumo. E logo eu que sou linha-dura, gostei. Quando não agrada, mando para a linha de fundo. OK, saindo da linha de tiro!

Obrigado pela visita ao meu BLOG e ter deixado algumas linhas.

Abdalan

http://abdalan.blogspot.com/

All3X disse...

Muito legal seu blog.
E quanto a esse último poema..oh, pensando que possuiria uma lógica nos traçados...rs
Tudo certo, foi interessante.
Gosto desse estilo de escrever, que foge da normalidade.
Valeu, All3X

Tania Montandon disse...

Muito bom! Valorizo esse tipo de motivação para q percebamos a realidade de forma mais ampla, seu exemplo dá um bonito 'puxão de orelha',rsrs. Ninguem pode perceber tudo e nem duas pessoas perceberseja o q for de modo id\~entico xD~

bjinho ♥

DAN disse...

Não entendi muito bem esse jogo
com as linhas mudando, mas vou tentar me esforçar mais, hehe

Ricardo Jung disse...

cada um vê o que quer ver...

pra mim são várias possibilidades, as quais se deixa passar... linha após linha... umas menores, outras maiores... até que quando menos se percebe, a vida vai se esvaindo... as possibilidades se tornando menores... até que simplesmente deixam de existir, assim como faz a nossa vida e a senescência humana

pra mim o título dessa poesia deveria ser "Sinais e Passividade"

Stanley Marques disse...

Muito simples e interessante, mas como não sabia desde o início fiquei ansioso para descobrir do que se tratava. Legal.

http://www.antologiaracional.com/

Ursula Costa disse...

Muito legal! A vida é assim, simples. A gente que insiste em complicar ;)

Abraço!

Úrsula
storieswelike.blogspot.com

* hemisfério norte disse...

eu queria esse livroooooooooooooooo
q raiva, não haver aqui....
:(
bjs
a.
(vai no miniminimos)

Mijei disse...

pow eu ná maior concentração achando q era algo super ultra secreto...rsrs

abraços


Mijei de Rir - Alegria e diversão!

Denise Machado disse...

Porque? Como conseguiu a borracha mágica? Ali havia algo, senti.
Vc me fez respirar e ter esperança. Não é à toa que seu nome é LIVRO. Não é por mal traçadas que adoro alguns escritores, é pelo motivo que te adoro. Qual? Leia.

blog disse...

Sim, são linhas, e cada uma de uma forma.
E assim Pignatari diz que, vistas de cima, são distintas entre si.
É essa linearidade que me apavora.

Pode apostar.
Estou estranhando vc. Do abstracionismo à Corbiére para um estágio com os Fields Brothers?
Abraço.

Jana Moraes disse...

sim...
são só linhas...
e?

Passa na Maçã e dê uma mordidinha...

Garanto que você não vai se arrepender.

http://macacomlimao.blogspot.com

Susanna Martins disse...

Linhas paralelas nunca se encontram!!!
Beijoooos

Euzer Lopes disse...

Estas linhas são apenas linhas, mas nos dão a liberdade de preenchê-las como quisermos, não?

UNDERGROUND. disse...

essas linhas diferentes me fez lembrar de música...

=D

A.Htl disse...

Num entendo essas modernidadessss

Thiago disse...

hauhau to me sentindo o pior dos panacas!! hauaha


www.indaiacity.blogspot.com

caio arroyo disse...

Cada um tem sua visao as vezes o nada para mim pode ser o tudo para você, gostei da ideia e do jeito que voce colocou em pratica

Espero sua visita e comentario
http://tvcinemaemusica.wordpress.com

Fernando Gomes disse...

HAIUAUHIA

e eu achando que tinha algum significado além das linhas..

http://www.andisaidgoddamn.blogspot.com/

Glaucia disse...

hasuashusa

Muito interessante, e eu supondo um milhão de coisas..rs

Simples e eficaz :D

beijokas

Lu Said disse...

Tentei entender, mas depois desisti.

Beline disse...

São apenas linhas, mas as vezes algumas linhas podem mudar o mundo, se não fosse, hitler ou o vaticano não teriam perdido seu tempo queimando livros!

Dedinhos Nervosos disse...

:o)
Sabe o que vejo? Sabe aquelas luzinhas que acendem e apagam de acordo com a música? Acho que o nome é LED.
Eu vei isso... e imagine uma boa música mudando os tons.
Bjos.

Sinopse do Livro disse...

Olá,
achei seu blog muito interessante. Tenho um blog sobre literatura ( sinopsedolivro.blogspot.com).
Está interessado em parceria?

Abraço,
Equipe Sinopse

Michelli disse...

Pra falar a verdade achei que algo sobre ilusão de óptica..rsrsr
Mas gostei bastante, pq vc imagina mil coisas e no fim de tudo são apenas linhas mesmo.
É engraçado, pois cada um vê de um aspecto diferente!
Maravilhoso blog, Parabéns mesmo!

O Profeta disse...

nisbEsta brisa da tarde
Afaga as folhas com invisível mão
Arrasta consigo os sonhos perdidos
Soltos do encanto da real paixão


Boa semana

Abraço

janice diniz disse...

Teus comentários sobre meus textos já são pura poesia e sempre me incentivam a continuar escavando no concreto. Mas quando, de fato, tu te põe a criar,Everaldo Ygor, jorra talento de uma forma única, simples, comedida e transparente.

Muitos abraços.

* hemisfério norte disse...

besitos
:)
a.

DuDu Magalhães disse...

Pra mim, linhas nunca são apenas linhas, as linhas do meu caderno, por exemplo, são "razões" para eu escrever, transpor meus pensamentos, e chegar mais perto da minha alma...
Goeth disse uma vez que tudo é metamorfose...
suas linhas são metamorfoses "ambulantes"

abrass

http://visaocontraria.blogspot.com/

*.*Allegr!a*.* disse...

Uma pedra em meu caminho, pode ser mesmo uma pedra.
Pode ser O empecilho, pode apenas ser o prendedor dos meus papéis.
A pedra pode ser o que eu quiser...
As suas linhas são tão nossas!
Que podem ser o que qualquer um de nós acreditar!
Vale a construção!
Beijo

keroj disse...

Ha uma visão do mundo que foge a normalidade e impacta nas coisas mas simples os normais como eu.Vc é fera nisso.

Conquistadores (Didixy) disse...

Eu já aqui pensando - "Que isso. Que post doido". Mas depois percebi seu modo de pensar. Nem tudo podemos perceber assim é a vida.

Opium disse...

Obrigada por ter visitado meu blog.

Eu gostei muito do seu, muito legal o lance das linhas... =)

parabéns pelo seu blog

=**

Sammyra Santana disse...

Gostei muito do teu blog, principalmente das citações de Clarice bem aí do ladinho, acima do "Quem sou eu".
Obrigada por ter borboleteado no meu!
Abraços!

J.B disse...

Como em tudo que digo e escrevo serei hiper sincero com vc, achei ótimo! rs, verdade, a ideia que você transmite é ótima, compreendi muito bem a idéia das linhas pois realmente é isso mesmo, a vida é simples, nós que sempre que podemos fazemos questão de dar uma complicada nela, parabéns pelo pot, pelo blog!

Roland Deschain disse...

Eu tbm tentando quebrar a cabeça pra entender o significado daquelas linhas. Sou leigo em relação a arte, até ignorante, posso dizer.

Abraço!

dani cabrera disse...

Pode ser.
Nessas linhas vejo também um futuro.

Grande beijo!

Pierre disse...

óÓooOooo.... xD

Se possível, da uma passada la no meu tb...
http://ogrobo71.blogspot.com/

Abç's !

Rodrigo disse...

Muito diferente

Cruela disse...

achei que fosse aqueles troços que aparece a imagem de jesus na parede.

kkkkkkkkk

Bella... disse...

PRa voce ver como a gente tem a mania feia de complicar as coisas.

Leonardo Dognani disse...

o mais interessante é que embora simples, mostra uma verdade absoluta no mundo atuyal: nós complicamos e procuramos sentidos em coisas que não precisam ter, ou o têm em forma simples da maneira em que existe.

para dizer o que é uma flor, não precisamos de uma explicação poética, com versos e estrofes, e sim, apenas dizer: é uma flor.

fazer os versos é apenas capricho e criação de arte em beleza, porém, devemos ter em mente que aquilo é uma flor.
=)

gostei das ondas nas linhas^^
e mais uma vez, muitas verdades e dessa vez com uma bela simplicidade^^

abraços.